banner_logo


Projetos

Em Andamento

Controle Vetorial Sensorless Aplicado a Servomotor de Indução

Nova Topologia de um Atuador Esférico

Novo Modelo de Incidência de Descargas Atmosféricas

Simulador de Carga para um Freio Eletromagnético

Novas Estratégias de Projeto e Fabricação de Motores de Indução Eficientes

Concluídos

Lavagem a Seco de Isoladores Elétricos

Analisador de Sistema de Aterramento

Chave Fusível com Duplo Isolamento


Controle Vetorial Sensorless Aplicado a Servomotor de Indução

Figura 1

Os metodos sensorless consagrados são baseados na modelagem dinâmica do motor de inducão. Uma desvantagem desta abordagem e evidenciada quando um motor opera em baixa velocidade: o modelo da maquina torna-se não-observável e a determinacão da posicão instantânea do motor torna-se matematicamenteimpossível. Tal característica impede que métodos sensorless baseados na modelagem dinâmica sejam utilizados em aplicaçõoes nas quais seja necessário um posicionamento preciso. Exemplos incluem máquinas de corte CNC, transporte por levitação magnética e processos de manufatura. Recentemente, métodos que exploram as não-linearidades do circuito magnético da máquina de indução foram desenvolvidos para permitir o monitoramento do motor mesmo em baixas velocidades. Relativa pouca atenção foi dada a motores lineares, o que indica que novas contribuições podem ser feitas a esta área. O presente trabalho visa a execução de um método sensorless em um motor de indução linear, a investigação de problemas e características não evidenciadas na literatura e o possível aprimoramento das técnicas atuais.

Inicio

Nova Topologia de um Atuador Esférico


Figura 1

O trabalho busca desenvolver uma Nova Topologia de um Atuador Esférico, com múltiplos graus de liberdade (M-DOF), justificando o layout escolhido. Este modelo proposto é formado de três bobinas localizada no hemisfério sul do atuador e possui um braço/haste móvel que pode seguir qualquer ponto na superfície do atuador. O Campo Magnético resultante gerado pelas bobinas faz com que o rotor se oriente para uma posição desejada, além disso um sistema de localização por reconhecimento de padrões é proposto para fechar a malha de controle. O modelo apresentado é uma versão inicial, que pode passar por modificações. Suas possíveis aplicações vão desde sistemas de olho robótico a articulações/juntas como ombros e joelhos e sistema de monitoramento por câmera, agilizando os movimentos.

Inicio


Novo Modelo de Incidência de Descargas Atmosféricas


Figura 1

As descargas atmosfércias representam risco à vida e ao sistema de distribuição de energia elétrica. Para reduzir estes riscos, foram criados os Sistemas de Proteção contra Descargas Atmosféricas (SPDAs). Na presente pesquisa de doutorado, foi criado um modelo físico que descreve a trajetória das descargas atmosféricas. O modelo pode ser aplicado para avaliar projetos de SPDAs externos de uma estrutura civil ou torre de transmissão de alta tensão como ilustrado na figura acima. O ar foi considerado isotrópico e homogêneo, entretanto um modelo considerando perturbações nas propriedades do ar está sendo desenvolvido para se obter um comportamento mais realista. Um modelo de eletrificação de nuvens por autoionização da água também está sendo proposto. As simulações são realizadas por meio do Método dos Elementos Finitos (MEF) com uso do software Comsol Multiphyscis. Existem vários trabalhos subdivididos em dissertações, Trabalhos Finais de Curso (TFCs) e Pesquisa de Educação Tutorial (PET). Dentre eles: Projeto de SPDA sobre paineis fotovoltaicos (Dissertação de Mestrado em andamento), Bobina Tesla de Estado Sólido aplicada à maquetes de parques solares(TFC em andamento), Time lapse de canais ionizados (TFC em andamento), Análise de tensão de passo e de toque sob condição de surto atmosférico (TFC concluído), Análise de risco de uma torre de destilação de petróleo sob condição de surto atmosférico, Projeto do SPDA do Departamento de Engenharia Elétrica da UFC (PET em andamento).

Inicio


EM CONSTRUÇÃO